Modelo Pedagógico do MEM

O MEM propõe-se construir, através da ação dos professores que o integram, a formação democrática e o desenvolvimento sociomoral dos educandos com quem trabalham, assegurando a sua plena participação na gestão do currículo escolar.

Assim, os educandos responsabilizam-se por colaborarem com os professores no planeamento das atividades curriculares, por se interajudarem nas aprendizagens que decorrem de projetos de estudo, de investigação e de intervenção e por participarem na sua avaliação.

Esta avaliação assenta numa negociação cooperada dos juízos de apreciação e do controlo dos objetivos assumidos nos planos curriculares coletivos e nos planos individuais de trabalho e de outros mapas e listas de verificação do trabalho de aprendizagem, que servem para registo e monitoragem do que se contratualizou em Conselho de Cooperação Educativa.

É por esta vivência – pondo à prova os valores humanos que sustentam a justiça, a reciprocidade e a solidariedade – que a organização do trabalho e o exercício do poder partilhados virão a transformar os estudantes e os professores em cidadãos implicados numa organização em democracia direta.

Simultaneamente, esta experiência de socialização democrática dos estudantes constitui o sustentáculo do trabalho do currículo nas turmas, entendidas como comunidades de aprendizagem, num envolvimento cultural motivador.

Sintaxe do Modelo Pedagógico

O Modelo Pedagógico é desenvolvido através de módulos de atividades curriculares de Diferenciação Pedagógica.

Para saber mais, consulte o DT 1.2 Modelo Pedagógico do MEM

Download da sintaxe do Modelo Pedagógico do MEM

Trabalho de aprendizagem curricular por projetos cooperativos

Trabalho cooperativo em projetos temáticos de estudo, de produção artística, de pesquisa científica ou de intervenção social, para desenvolvimento das aprendizagens curriculares, acompanhado rotativamente pelo professor.

[Ler mais…]

Trabalho curricular em interlocução coletiva

Trabalho, em coletivo, onde com a colaboração ativa dos professores e comparticipada por todos se constroem e se reconstroem conceitos e saberes ou se procede à revisão ou reescrita de textos que sirvam as diversas áreas do currículo.

[Ler mais…]

Organização e gestão cooperativa em conselho de cooperação educativa

Reuniões de Conselho para planeamento, avaliação, análise de ocorrências significativas, reflexão ética para clarificação e construção de regras de vida para desenvolvimento sociomoral (instrumentos de planeamento/avaliação e Diário de Turma)

[Ler mais…]

Circuitos de comunicação para difusão e partilha dos produtos culturais

Comunicação e difusão do trabalho em projetos, apresentação de produções, divulgação de publicações, exposição de trabalhos, troca de correspondência e interação virtual. Estas ações são submetidas à reflexão sobre os efeitos da sua apropriação ou utilização social.

[Ler mais…]

Trabalho autónomo e acompanhamento individual

Estudo e aprofundamento dos conteúdos disciplinares, treino e produção inteletual dos alunos guiados por um plano individual de trabalho periódico. Trabalho rotativo dos professores para ensino interativo dos alunos que precisam de acompanhamento individualizado.

[Ler mais…]

A prática do Modelo Pedagógico

na Educação Pré-escolar

O Modelo Pedagógico do MEM
Pré-Escolar [apresentação]

1 – Organização e gestão cooperada em conselho de cooperação educativa 

2 – Trabalho de aprendizagem curricular por projetos cooperativos de produção, de pesquisa e de intervenção

3 – Modalidades e desenvolvimento do trabalho por projetos 

4 – Circuitos de Comunicação: formas de difusão e partilha dos produtos culturais do trabalho 

5 – Trabalho curricular comparticipado pelo grupo e sessões de animação cultural 

Algumas leituras

OLIVEIRA, Ana (2000), A Matemática no Jardim de Infância. Escola Moderna, n.º 8, 5.ª Série, pp 05-13

RODRIGUES, Ana Paula (1999), Planeamento de Projectos. Escola Moderna, n.º 6, 5.ª Série, pp 05-14

no 1.º Ciclo do Ensino Básico

O Modelo Pedagógico do MEM
1.º Ceb [apresentação]

1 – Organização e gestão cooperada em conselho de cooperação educativa 

2 – Trabalho de aprendizagem curricular por projetos cooperativos de produção, de pesquisa e de intervenção

3 – Circuitos de Comunicação: formas de difusão e partilha dos produtos culturais do trabalho

4 – Trabalho de Estudo autónomo e acompanhamento individual (ensino interativo)

5 – Trabalho curricular em interlocução coletiva 

Algumas leituras

MOEDAS, Patrocínia (1999), A Escrita. Um Processo Interactivo. Escola Moderna, n.º 7, 5.ª Série, pp 07-15

PAULUS, Pascal (1998), Investigações matemáticas como base para a construção de conceitos. Escola Moderna, n.º 4, 5.ª Série, pp 30-39

PAULUS, Pascal (2000), A análise de um problema do dia a dia como primeiro passo para a conceptualização e construção da linguagem Matemática. Escola Moderna, n.º 8, 5.ª Série, pp 14-19

SANTANA, Inácia (1999), O Plano Individual de Trabalho como instrumento de pilotagem das aprendizagens no 1.º CEB. Escola Moderna, n.º 5, 5.ª Série, pp 15-24

SANTANA, Inácia (2000), Práticas Pedagógicas Diferenciadas. Escola Moderna, n.º 8, 5.ª Série, pp 30-41

SOARES, Júlia (1999), Uma sessão de Matemática em colectivo numa perspectiva de diferenciado pedagógica. Escola Moderna, n.º 6, 5.ª Série, pp 15-20

SOARES, Júlia (2000), Aprender a ler. Escola Moderna, n.º 8, 5.ª Série, pp 25-29

no Ensino por Disciplinas no 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário

O Modelo Pedagógico do MEM
Ensino por Disciplinas [apresentação]

1 – Organização e gestão cooperada em conselho de cooperação educativa 

2 – Trabalho de aprendizagem curricular por projetos cooperativos

3 – Circuitos de Comunicação: formas de difusão e partilha dos produtos culturais do trabalho 

4 – Trabalho de Estudo autónomo e acompanhamento individual (ensino interativo) 

5 – Trabalho curricular em interlocução coletiva 

Algumas leituras

BENTO, Isabel (1997), O desenvolvimento de projectos por alunos do 2º Ciclo na disciplina de Ciências da Natureza (1.ª Parte). Escola Moderna, nº 1, 5ª série, pp. 23-35.

BENTO, Isabel (1998), O desenvolvimento de projectos por alunos do 2º Ciclo na disciplina de Ciências da Natureza (2.ª Parte). Escola Moderna, nº 2, 5ªsérie, pp. 43-56.

RODRIGUES, Ângela, (2018), A apropriação do currículo a partir e através de projetos de trabalho. Escola Moderna, nº 6, 6ª série. pp. 56-76.

SANTOS, Manuela Avelar, (2005), O tempo de comunicação dos alunos. Escola Moderna, nº 7, 5ª série. pp. 16-29.

CUSTÓDIO, Isaura, (2012), Trabalho comparticipado pela turma e construção das aprendizagens em Ciências da Natureza.  Escola Moderna, nº42, 5ª série. pp.